Ilhabela, 29 de fevereiro de 2020

 

 

 

Excelentíssima Sra. Maria das Graças Ferreira

Prefeita Municipal de Ilhabela/SP

 

 

Atualmente, com o mundo digital e todas as demais comunicações, a população de Ilhabela já se conscientizou e possui muitas informações da Administração Pública. A maioria das pessoas tem conhecimento que vossa excelência tem buscado honestamente administrar Ilhabela, mas há muito por fazer e muitas coisas estão realmente precárias, e alguns serviços deficientes.

 

Neste ano de 2020 teremos eleições municipais e também viveremos um momento de algumas decisões históricas para Ilhabela, como o contrato a ser firmado com a Sabesp e outros importantes contratos como o da TPA (taxa de preservação ambiental) e os contratos do lixo. Nas próximas semanas, especialmente, é necessário que vossa excelência decida se firmará o contrato com a Sabesp ou não. Nem todas as pessoas têm conhecimento que a Sabesp é uma empresa que possui um lucro na ordem de mais de R$ 1 bilhão a.a., uma estatal com possibilidade de ser privatizada. Existem indícios de conversas com grupos chineses para sua aquisição. E, no caso de vossa excelência manter a decisão de firmar o contrato com a Sabesp para não atrapalhar as obras e processos em relação aos projetos, sugerimos a criação de uma cláusula para que a próxima Administração tenha a possibilidade de cancelamento do contrato e a previsão de uma indenização para a Sabesp.

Somos favoráveis a privatizações e o Brasil necessita de capital para infraestrutura, e por este motivo investidores são bem-vindos e necessários para o desenvolvimento do país.

 

Mas em Ilhabela o cenário é diferente porque o Município possui capital, e recursos naturais como a água, de uma forma ideal.

 

Com um bom planejamento em infraestrutura e com um plano diretor adequado o município tem todo potencial e possibilidade de se desenvolver de uma forma exemplar.

 

Entretanto, é necessário se ter uma visão a longo prazo para a tomada de decisões políticas acertadas. Mas o povo de Ilhabela e suas lideranças políticas estão maduros para compreender uma visão sustentável.

 

O (a) próximo (a) prefeito (a) deverá compor um time técnico de secretários, com pessoas dispostas e com competência para desenvolver o município de Ilhabela juntamente com especialistas de alto gabarito, de uma forma excelente, podendo até correr certo risco caso deseje criar uma visão inovadora.

 

Todos os órgãos públicos, como Ministério Público e Câmara dos Vereadores devem auxiliar no desenvolvimento dessa visão.

 

Recomendamos a criação de uma empresa municipal de água, esgoto e para toda questão do lixo com a instalação e operação local de uma usina com a melhor tecnologia mundial, e o transporte para o continente somente em casos extremamente necessários. Negociar uma fase inicial para que a Sabesp desenvolva o seu trabalho estabelecendo os procedimentos, podendo se tratar possíveis compensações e indenizações para a Sabesp.

 

Criar um conceito para que as cooperativas de Ilhabela no futuro participem de processos licitatórios, e ainda para que haja o máximo de contratação de mão de obra local num paralelo de conceitos como o “Carona Legal”. Criar um novo sistema de contratação de empresas para esse tipo de projetos, um conceito com base 100% de transparência com fornecedores, empreiteiros e pedreiros que estejam interagindo com esses novos projetos de saneamento básico do município.

 

Urgentemente deve se iniciar de forma efetiva e verdadeira a ação Caça Esgoto, e também tomar algumas decisões imediatas para diminuir as sujeiras dos bairros, criando um conceito independente de empresas já contratadas para a limpeza da cidade e retirada de lixo e numa ação permanente como a do projeto “Carona Legal”, com novas regras de colocação de lixo nas ruas e avenidas, punindo moradores que depositem sem qualquer tipo de respeito e de forma errônea.

 

 

É necessário que a administração pública seja estritamente honesta, transparente e com o máximo de ética, mas o povo de Ilhabela, o Ministério Público, a Câmara Municipal, os Conselhos e os demais cidadãos necessitam ter uma dose de flexibilidade e tolerância em todo esse projeto e não responsabilizar sempre ocupantes de alto escalão do Poder Executivo por irregularidades de alguns com energia criminosa direcionadas a máquina pública, a empresas particulares e/ou a qualquer instituição. Imprescindível denunciar de forma rigorosa qualquer tipo de irregularidade e não atribuir de forma generalizada todo o Executivo pelas ações de uns e outros.

 

É necessário termos respeito e tolerância dessa visão histórica para Ilhabela, pois tudo isso poderá gerar uma riqueza exemplar e um futuro muito melhor para todo o município.

 

E por favor, não devemos esquecer que Ilhabela ainda possui recursos para um investimento memorável, mas esse dinheiro não é eterno. É necessário parar de utilizar os recursos dos royalties para temas equivocados e sem um valor sustentável a longo prazo. É necessário deixar de preencher lacunas do Fundo de Previdência dos Funcionários Públicos Municipais de Ilhabela porque os recursos pertencem a todo o município e não a uma classe e ou grupo específico.

 

Devemos abraçar essa possibilidade única em prol de nossas crianças e futuras gerações!

 

 

 

Atenciosamente.


 

DPNY BEACH HOTEL & SPA

WOLFGANG INGO NAPIREI

Diretor Presidente

 

 

Melhores Ofertas DPNY

 



WhatsApp

Excelência
Consciência, Atenção, Honestidade, Transparência, Democracia, Respeito, Liberdade, Justiça e Igualdade.

Questão Humana
Queridos leitores, mais uma coisa. Vamos nos perguntar por que é tão difícil, para muitas pessoas, perdoar ou pedir desculpas. É muito mais difícil ainda nós nos perdoarmos. Esse é um passo muito importante para um espírito aberto e consciente. Perdoe-se! Olhem as circunstâncias. Talvez você estava inconsciente ou com qualquer efeito disso, resultando numa ação ruim, mas isso já é passado. Não estamos falando de crimes ou intenções negativas, porque esses vocês irão pagar com dor e sofrimento. Mas, em outros pontos de vista, perdoem-se! Peçam desculpas para si mesmos e para os outros! Admitir um erro é sempre uma boa maneira de deter um outro erro. Prá frente com excelência!



Alcance



Participe

Cartas Abertas cadastre-se: