Ilhabela, 28 de setembro de 2017

Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal de Ilhabela
Márcio Batista Tenório

Vimos, através desta, solicitar, uma vez mais, que o poder público municipal encerre de uma vez por todas a emissão de alvará para realização de festas no bairro Curral, especialmente com relação a eventos que ocorram em casas que não possuam qualquer proteção acústica, causando enorme perturbação de sossego aos moradores e/ou visitantes ao seu derredor, em qualquer momento do dia.

Importante destacar que, nós temos observado, ao longo dos últimos meses, diversas casas que tem realizado esse tipo de evento, como casamentos e demais festas, e muitas vezes em residências particulares sem a devida estrutura de acústica, sendo necessário que o poder público municipal realize um maior controle para essa nova tendência que tem se instalado neste município, com uma fiscalização mais efetiva, de modo a coibir essa prática que tem se acentuado, causando perturbação de sossego a todos em sua volta, sejam moradores ou demais turistas, que buscam Ilhabela para desfrutar de momentos de sossego e tranquilidade...

Esse problema tem se tornado rotineiro, não sendo admissível que pessoas se sintam no direito de perturbar o sossego alheio, enquanto todos somos pagadores de nossos impostos e cumpridores da Lei em sua integralidade, cuidando da paz e sossego local em prol de um bairro e município muito melhor para todos.

Por diversas vezes fomos obrigados a acionar a polícia militar, sendo o barulho excessivo constatado pelos zelosos profissionais, e quando do comparecimento dos policiais militares em alguns desses eventos, foram-lhe apresentados alvarás (emitidos pelo município de Ilhabela) e mesmo com a ação desses policiais, após o término da ocorrência, o barulho permaneceu, o que motivou a pauta de reunião de assessores de nossa empresa com a diretoria de fiscalização desta municipalidade.

Cumpre-nos informar que, o Hotel DPNY encerrou suas atividades para eventos em suas dependências por livre e expontanea vontade, pois possui todas as possibilidades e direito de realiza-los, com instalações e infraestrutura absolutamente satisfatórias, incluindo uma sala acústica plenamente acondicionada para criar eventos com música. Acreditamos que esse tipo de evento ocasiona desconforto a hóspedes, moradores e turistas, motivo pelo qual vimos nos socorrer do ente público municipal para que Vossa Excelência emita ordens de modo a coibir tal prática, que só causa dissabores a todos, posto que tais eventos em nada contribuem para o crescimento do município, pois somente herdamos o barulho excessivo e após esses cidadãos retornam para suas cidades locais, deixando para trás todo um desconforto causado por ocasião dessas festas que nada acrescentam de positivo para a economia do município, pelo contrário!

Certos de contar com a Vossa habitual atenção, renovamos protestos de estima e consideração.
 

Atenciosamente.
 

DPNY BEACH HOTEL & SPA
Wolfgang Ingo Napirei
Diretor Presidente

 

*** Solicitamos, de igual forma, atenção especial de Vossa Excelência de modo a coibir a perturbação de sossego ocasionada por embarcações, bem como motocicletas com seus escapamentos adulterados (totalmente contrários a legislação), fumaça por ocasião de queimadas, principalmente aos finais de semana e, ainda, que o ente público municipal estude uma forma de impedir a implantação de tendas de quatro pilares, que aparentam um camping em plena praia. Esta prática não pode crescer pois destruirá por completo o ambiente de nossas praias. Acreditamos que tais ações vão de encontro a Vosso Plano de Governo, objetivando uma “Ilhabela mais limpa” e muito melhor para todos!

WhatsApp

Excelência
Consciência, Atenção, Honestidade, Transparência, Democracia, Respeito, Liberdade e Justiça.

Questão Humana
Queridos leitores, mais uma coisa. Vamos nos perguntar por que é tão difícil, para muitas pessoas, perdoar ou pedir desculpas. É muito mais difícil ainda nós nos perdoarmos. Esse é um passo muito importante para um espírito aberto e consciente. Perdoe-se! Olhem as circunstâncias. Talvez você estava inconsciente ou com qualquer efeito disso, resultando numa ação ruim, mas isso já é passado. Não estamos falando de crimes ou intenções negativas, porque esses vocês irão pagar com dor e sofrimento. Mas, em outros pontos de vista, perdoem-se! Peçam desculpas para si mesmos e para os outros! Admitir um erro é sempre uma boa maneira de deter um outro erro. Prá frente com excelência!

Participe

Cartas Abertas cadastre-se: